UM RETRATO DE MÃE

PORTRAIT OF A MOTHER de | by Carlos Fonseca Martins Galeria Tavira D’Artes

Travessa Jacques Pessoa nº8, Tavira

QUI 15 OUT a SAB 31 OUT | Thursday, October 15 – Saturday, October 31

Visitas limitadas seguindo as regras da DGS | Limited visits following the rules of the Department of Health

Aberta/Open  Seg/Mon – Sex/Fri 10h00 – 13h00 & 15h00 – 18h00  Sab/Sat 10h00 – 13h0

Mãe, presente ou futura…  A tua voz chega-me como uma chamada a parte nenhuma, como o silêncio da vida…

Mother, present or future… Your voice reaches me like a call to nowhere, like the silence of life…

                                                                                           In Reticências : Álvaro de Campos

Fonseca Martins está há 50 anos a pintar Pessoa. O poeta aparece na sua obra nos primórdios da sua adolescência, quando seu professor, o escritor Marmelo e Silva, começava todas as aulas com a leitura de um poema. A Ode Marítima de Álvaro de Campos ficou-lhe desde então gravada na memória. Sentindo-se honrado pelo facto do poeta ter escolhido a sua terra natal para ali fazer nascer o seu mais importante heterónimo, Álvaro de Campos, Fonseca Martins vem procurando imprimir na sua obra pictórica as feições desse imaginado tavirense. O fascínio por Pessoa, leva o pintor a também imaginar os seus próprios heterónimos, para desenvolver várias vertentes na sua própria pintura. Teve a oportunidade de conhecer alguns membros da família tavirense de Fernando Pessoa, considerando-se tal como o tio-avô do poeta, Jacques Pessoa, um livre pensador, e sente a presença do poeta no seu trabalho de pintor há mais de 50 anos. Este ano mostra-nos um retrato da Mãe de Álvaro de Campos, uma personagem que imaginou, já lá vão quase 40 anos, a partir de um texto ou descrição de cuja fonte já não se lembra. É uma mulher simples, dizia a descrição. E pintou-a a cozinhar..

Fonseca Martins has been painting Pessoa for fifty years. The poet appeared in his work in the early days of his adolescence, when his teacher, the writer Marmelo e Silva, began every lesson with the reading of a poem. Feeling honoured by the fact that Fernando Pessoa chose his hometown to be the birthplace of Pessoa's most important heteronym, Álvaro de Campos, Fonseca Martins has sought to include in his pictorial work features of this imagined citizen of Tavira. This fascination has led the painter to imagine his own heteronyms. He has had the opportunity to get to know some members of Fernando Pessoa's family, considering himself, like the poet's great uncle Jacques Pessoa, a free thinker, and has felt the presence of the poet in his work as a painter for more than fifty years. This year he shows us a portrait of Álvaro de Campos' mother, a character he imagined, circa 40 years ago,from a text or description whose source he no longer remembers. She is a simple woman, said the description. He painted her cooking.

Contact: info@taviradartes.com

logo-tavira-dartesGALERIA TAVIRA D'ARTES