SONHOS INCOMPLETOS

 a QUI 30 nov 2017 | 12h00 às 22h00 | Gilão Restaurante
exposição de pintura de Kinga Subicka

A sensibilidade - tomada aqui no mais amplo dos seus sentidos possíveis - é a fonte de toda a criação civilizada. Mas essa criação só pode dar-se completamente quando essa sensibilidade esteja adaptada ao meio em que funciona; na proporção da adaptação da sensibilidade ao meio está a grandeza e a força da obra resultante.
 
    In Ultimatum - Portugal Futurista, nº 1. Álvaro de Campos 

 
"Fernando Pessoa, criador (sonhador) maior da história da literatura universal, com uma vida mergulhada numa incessante necessidade de criação, deixando-nos uma obra grandiosa e a sensação de que outra grande obra ficou por escrever. Pois assim como o oxigénio está para a vida, está a escrita para Fernando Pessoa e todos outros heterónimos que nele habitavam. Esta minha exposição Sonhos incompletos tenta ir ao encontro da necessidade de criação que Fernando Pessoa tinha, onde a sua escrita parece não ter fim, daí universal, eterna, inacabada..."                      

                                                Kinga Subicka
 SONHOS INCOMPLETOS exposição Kinga Subicka Restaurante Gilão FAAC.jpg

Sonhos Incompletos exposição2

Kinga Subicka na inauguração de sua exposição

Kinga Subicka nasceu na cidade polaca de Swinoujscie, em 1977. Terminou os estudos na Faculdade de Pintura, com pós-gradução na Academia de Belas Artes de Cracóvia. Frequentou Estudos Culturais na Faculdade de Filosofia. Foi professora de desenho e pintura na Escola de Artes Visuais, em Szczecin. Deu aulas de pintura a estudantes de arquitetura. Deixou a Polónia em 2005. A sua consciência artística foi construída graças a encontros com outras culturas, países e pessoas. Morou na Bélgica, Grã Bretanha e Brasil. Hoje vive em Portugal e está representada em várias coleções privadas.

Two artists follow the muse in Tavira



SONHOS INCOMPLETOS preparação1.jpg

Sonhos Incompletos exposição 1

Gilão Restaurante