POEMAS EM EXPOSIÇÃO ROTATIVA

Para que escrevo eu versos? , 
Quando os escrevo parecem-me  
O que a minha emoção, com que os escrevi, me parece - 
A única coisa grande no mundo   

                      in “Na última página de uma Antologia Nova” . de Álvaro de Campos


Os poemas selecionados por professores e alunos do  Agrupamento Dom Manuel em trabalho conjunto com a coordenação de sua biblioteca e Rui Cabrita e Pedro Jubilot da Casa Álvaro de Campos, são montados em placas sobre cavaletes os poemas são colocados em locais estratégicos nas escolas e certos pontos da cidade e são alternados frequentemente de maneira a serem todos exibidos em todos os locais ao longo do tempo.