PARTO EM PESSOA Pedro Lopes em ato poético musical

Labour in Pessoa
Pedro Lopes in a musical and poetic act

DOM 30 OUT | 18h30 | Capela da Pousada do Convento da Graça
organização Partilha Alternativa e Pousada do Convento da Graça

Performance poético musical concebida pelo violinista Pedro Lopes que recria o Dia Triunfal (8 de Março de 1914), quando o poeta criou seus principais heterónimos. Relato a partir da carta de Fernando Pessoa a Adolfo Casais Monteiro (13 de Janeiro de 1935). 

A poetic and musical performance conceived by violinist Pedro Lopes that recreates the Triumphal Day (March 8, 1914), when the poet ceated his main heteronymes, Report from Fernando Pessoa's letter to Adolfo Casais Monteiro (January 13, 1935)..

“Foi o dia triunfal da minha vida, e nunca poderei ter outro assim.”

“It was the triumphant day of my life, and I can never have another one like it.”

Esse é o dia singular em que Pessoa afirma terem aparecido, Alberto Caeiro, Ricardo Reis e Álvaro de Campos. 

This is the singular day on which Pessoa claims that Alberto Caeiro, Ricardo Reis and Álvaro de Campos appeared.

Bernardo Soares, semi-heterónimo, guiará os ouvintes durante esta experiência comunicando através de excertos escolhidos do Livro do Desassossego. Irão ser declamadas obras como “O Guardador de Rebanhos”, “Chuva Oblíqua”, “Ode Triunfal”, entre outros, por uma mesma voz com diferentes timbres, mescladas com imagens e fragmentos inacabados (e acabados) de compositores como Mozart, improvisos de violino, e todo um cenário de alguma forma alusivo ao processo de fragmentação de Pessoa nesse dia considero por si como irrepetível.

Bernardo Soares, semi-heteronym, will guide listeners during this experience by communicating through selected excerpts from the Livro do Desassossego. Works such as “O Guardador de Rebanhos”, “Chuva Oblíqua”, “Ode Triunfal”, among others, will be recited by the same voice with different timbres, mixed with images and unfinished (and finished) fragments of composers such as Mozart, improvisations by violin, and a whole scenario somehow alluding to Pessoa's fragmentation process on that day, I consider it unrepeatable.


NOTA BIOGRÁFICA | BIOGRAPHICAL NOTE

Pedro Lopes | violinista | ator

Docente de violino na Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa. Apresenta-se frequentemente como 1º violino solista, em orquestra ou agrupamentos de música de câmara. Além de Portugal, apresentou-se já em concertos em Espanha, França, Inglaterra, Alemanha, Roménia, Cabo Verde, Bélgica e Angola. É membro fundador do Trio do Desassossego, vencedor do 1º prémio em Música de Câmara do Prémio Jovens Músicos 2013. Presentemente integra o ensemble “2016”de João Vasco, e a Orquestra sem Fronteiras com os quais se apresenta frequentemente em digressão nacional e internacional

Violin teacher at the School of Music of the National Conservatory of Lisbon. He often performs as a solo 1st violin, in orchestra or chamber music ensembles. In addition to Portugal, he has performed in concerts in Spain, France, England, Germany, Romania, Cape Verde, Belgium and Angola. He is a founding member of the Trio do Desassossego, winner of the 1st prize in Chamber Music of the Young Musicians Award 2013. He is currently part of the ensemble “2016” by João Vasco, and the Orquestra sem Fronteiras with which he frequently performs on national and international tour.
%d bloggers like this: