IN CITAÇÕES

 
a QUI 30 nov 2017
TER e QUA 14h00 - 20h00
QUI, SEX, SAB 11h00 - 14h00 / 18h00 - 23h00.
Encerrado aos domingos e segundas
Casa Álvaro de Campos 
exposição de artes visuais de Isabel Macieira & Matthijs Warner

Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.
 
                              In Tabacaria. Álvaro de Campos

Usando cada um a sua técnica preferida, os artistas convidam o público a refletir sobre citações de poemas de Álvaro de Campos.

Algarve Resident – Tavira hosts Álvaro de Campos Festival

IN CITAÇÕES exposição 4

IN CITAÇÕES exposição 1

IN CITAÇÕES exposição 2
IN CITAÇÕES exposição 3

Isabel Macieira 

Nasceu em Lisboa. Viveu em Moçambique, na Arábia Saudita, na Madeira e nos Açores. Vive  em Tavira desde 1985. É Mestre em História da Arte Portuguesa pela Universidade do Algarve. Foi professora de Ed. Visual e Desenho até 2014. Desenvolve uma carreira como artista plástica desde 1990, com participação em exposições em Portugal e no exterior. Em 2009 funda em Tavira, com Matthijs Warner  a associação de artes plásticas e visuais “Casa5”, ligada à organização de eventos artísticos e culturais.






Matthijs Warner Leijenaar 

Nasceu na Holanda. Cursou a Academy of Art Arnhem. Trabalha como artista visual independente, e há 15 anos é curador de uma plataforma de artes na internet. Tornou-se budista em 1986 e mais tarde dedicou-se aos estudos de  Advaita vedanta.

Realizou diversas exposições em Amsterdam  e outras cidades dos Países Baixos; em Paris, Franã. Vive e trabalha em Tavira desde 2007, onde organiza e participa em exposições de arte. Publica livros sobre o seu trabalho e espiritualidade. www.1001.org



CITAÇÕES | CITATIONS

Querendo, quero o infinito
Desiring, I desire infinity
                             Fernando Pessoa

Tudo que faço ou medito, Fica sempre na metade.
Querendo, quero o infinito.


Começo a conhecer-me. Não existo.
I begin to know myself. I don't exist.
                             Álvaro de Campos

Começo a conhecer-me. Não existo.
Sou o intervalo entre o que desejo ser e os outros me fizeram,


Ama-se por memória.
One loves through memory
                          Álvaro de Campos

Tudo na vida 
Se faz por recordações.
Ama-se por memória.


Existir é estar desatento.
Existing means not paying attention
                            Álvaro de Campos

Só vê nitidamente uma coisa 
quem não vê nitidamente essa coisa. 
Existir é estar desatento.


Ser é abdicar.
To be is to desist
                              Bernardo Soares

O homem que descobriu a liberdade 
voltou para casa e fechou-se na cama
Ser é abdicar.



Nem tudo o que é ouro é luz.
Not all gold glitters
                            Álvaro de Campos

Mais vale nunca do que tarde.
Nem tudo que é ouro é luz.

Candeia que vai adiante alumia duas rezes.
Deus escreve os tortos por linhas direitas.



Ser forte é ser capaz de sentir.
To be strong is to be able to feel
                             Álvaro de Campos

... os temperamentos definidos e fortes são facilmente hipnotizáveis ...mas não são hipnotizáveis os idiotas, os imbecis, os fracos e os incoerentes. Ser forte é ser capaz de sentir.



Quanto fui, quanto não fui, tudo isso sou.
How much I was or how much I was not, all of this I am.
                             Álvaro de Campos

Sim, sou eu, eu mesmo, tal qual resultei de tudo, Sou eu aqui em mim, sou eu.
Quanto fui, quanto não fui, tudo isso sou.



Viver é desencontrar-se consigo mesmo.
To live is to fail to meet yourself.
                             Álvaro de Campos

Poema de canção sobre a esperança
Viver é desencontrar-se consigo mesmo.
No fim de tudo, se tiver sono, dormirei.
                             


Sou quem falhei ser.
I am who I failed to be.
                           Álvaro de Campos

Pecado Original
… O que não há somos nós, e a verdade está aí.
Sou quem falhei ser.
Somos todos quem nos supusemos.



CASA ÁLVARO DE CAMPOS