DANÇAR POESIA | O BINÓMIO DE NEWTON

DOM 24 Out 21 | 16h00
Jardim da Igreja de São Francisco

organização Partilha Alternativa

O binómio de Newton é tão belo como a Vénus de Milo. 
O que há é pouca gente para dar por isso. 
óóóó — óóóóóóóóó — óóóóóóóóóóóóóóó
 (O vento lá fora).

Newton’s binomial is as beautiful as the Venus de Milo.
There are not many people to notice that.
oooo— ooooooooo — ooooooooooooooo
(the wind outside).

Dança: Yuko Kominami
Canto: Teresa Silva
Som: Tomás Tello

A performance é inspirada no poema “O binómio de Newton…” de Álvaro de Campos. Dança, voz e som atuam juntos em múltipla e paralela concorrência.
Tudo está já à superfície e posicionado na brisa que intermedeia essas coisas justapostas.

The performance is inspired by the poem “Newton’s binomial…” by Álvaro de Campos. Dance, voice and sound work together in multiple and parallel competition.
Everything is already on the surface and positioned in the breeze that mediates these juxtaposed things.

Mais Informação | More Information